Fundação

⠀⠀⠀⠀⠀Um Ideal

⠀⠀⠀⠀⠀Criada em março de 2003, a Fundação Santo Agostinho de Montes Claros se constituiu a partir do ideal de um grupo de professores preocupados com o desenvolvimento regional, sobretudo com alguns alunos que têm algum tipo de vulnerabilidade social. Uma das prioridades da Fundação é integrar as atividades das Faculdades Santo Agostinho com ações, programas sociais e culturais.

⠀⠀⠀⠀⠀Objetivos

⠀⠀⠀⠀⠀A Fundação Santo Agostinho de Montes Claros tem como objetivos: sugerir, promover, coordenar e executar ações e programas de pesquisa, ensino e extensão, atividades técnicas e culturais e de desenvolvimento das Faculdades; apoiar e assessorar as Faculdades Santo Agostinho.

⠀⠀⠀⠀⠀Dentre os objetivos e atividades da Fundação, destacam-se aqueles diretamente pertinentes a ela: execução de programas educacionais, culturais, esportivos e de lazer para crianças, jovens, idosos e portadores de necessidades especiais, além de transferir tecnologias e conhecimentos.

⠀⠀⠀⠀⠀Conselhos

⠀⠀⠀⠀⠀Sob a presidência do Prof. Hamilton Almeida Ferreira, a Fundação Santo Agostinho conta ainda com o Conselho Administrativo, constituído pelos membros Cleidis Beatriz Lopes Nogueira, Eunápio Augusto Almeida Ferreira, Hamilton Almeida Ferreira, Hércules H. Costa Silva e Maxicilene Barbosa Brant, que tem como uma das principais competências fixar diretrizes de atuação para a Fundação Santo Agostinho. Já ao Conselho Fiscal, constituído pelos membros Josué Edson Leite, Marcos Fábio Martins de Oliveira e Tiago Mendes Antunes, compete examinar, acompanhar e apresentar periodicamente toda a movimentação financeira da entidade.

⠀⠀⠀⠀⠀Apoio a famílias carentes

⠀⠀⠀⠀⠀Atualmente, são atendidas por volta de 22 famílias pela Fundação Santo Agostinho, através do Projeto Caminhos da Inclusão. O objetivo do projeto é a constituição de espaço de convivência através do Serviço de Convivência e fortalecimento de vínculos, promovendo a formação para a participação e cidadania, desenvolvimento do protagonismo da autonomia das crianças, adolescentes e das famílias atendidas, a partir dos interesses, necessidades e potencialidades levantadas em encaminhamento efetuado pelos Centro de Referência de assistência social (CRAS) da região ao entorno da Fundação.

⠀⠀⠀⠀⠀As ações são pautadas em atividades culturais, esportivas e experiências lúdicas como formas de expressão, interações, aprendizagem, sociabilidade e proteção social. Inclui crianças e adolescentes com deficiências, retiradas do trabalho infantil ou submetidas a outras violações, cujas atividades contribuem para vivência de isolamento e de violação dos direitos, bem como propicia experiências favorecedoras do desenvolvimento da sociabilidade e da prevenção de situações de risco social.

⠀⠀⠀⠀⠀Através de parceria com a Faculdade Santo Agostinho, a Fundação oferece às famílias assistidas apoio Jurídico através de Núcleo de Práticas Jurídicas (NPJ) e suporte psicológico pelo curso de Psicologia, assim como inúmeras atividades palestras e oficinas oferecidas pelos demais cursos da Faculdade. As atividades acontecem no Campus JK, onde também são realizadas semanalmente oficinas como musicalização e canto com professores do Conservatório de Música Lorenzo Fernandez, manejo de uma horta comunitária, educação ambiental, informática e aulas de xadrez. A Fundação, atualmente, está sob a superintendência do Prof. Paulo Ricardo Durães Silva, que administra todas essas ações.

⠀⠀⠀⠀⠀Contamos hoje com parcerias firmadas com o Ministério Público de Minas Gerais, através da Promotoria de Justiça de Defesa do Rio São Francisco e Sub Bacia do Rio Verde Grande, com a UFMG e Unimontes. Juntas essas Instituições integram o NIEA-NM - Núcleo Interinstitucional de Estudos e Ações no Norte de Minas, que têm o compromisso de buscar o desenvolvimento sustentável em toda a região.

⠀⠀⠀⠀⠀A Fundação Santo Agostinho vive novos tempos. A caminho de completar 18 anos de criação, vem se destacando no cenário norte-mineiro por suas ações e parcerias voltadas para o bem-estar social, educacional, cultural e ambiental.